Início | Chão Urbano

Chão Urbano

Chão Urbano ANO XVII – Nº2 MARÇO/ABRIL


MOBILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA DO DESENVOLVIMENTO ORIENTADO PELO TRANSPORTE COMO INDUTOR DE EQUIDADE E COESÃO URBANA



Chão Urbano ANO XVII – Nº1 JANEIRO/FEVEREIRO


Acessibilidade e Efetividade Social das Infraestruturas de Transporte nos Bairros Informais do Rio de Janeiro

Nova revista publicada!

Chão Urbano em seu 17º ano de edição, lança a revista nº 2 MARÇO-ABRIL de 2017, com artigo que trata da problemática dos transportes através da ótica da mobilidade e responsabilidade social como possibilidade de indução de equidade e coesão urbana.

Primeira revista de 2017 está disponível!

Chão Urbano adentra em seu 17º ano de edição, com o lançamento da revista nº 1 janeiro-fevereiro de 2017, abordando o tema do transporte e mobilidade no Complexo de Favelas do Morro do Alemão, a partir da discussão sobre o caso da implantação do teleférico no local.

Foto Mauro kleiman

Revista Chão Urbano

Chão Urbano é uma publicação do Laboratório Redes Urbanas e Laboratório das Regiões Metropolitanas, do IPPUR-UFRJ.

A publicação está voltada para o debate e divulgação de estudos no campo da pesquisa do planejamento do território em suas várias escalas e diferentes dimensões de sua problemática, entre as quais: infra-estrutura ligada à habitabilidade e a circulação; transportes e mobilidade; governança; modelos, planos e projetos urbano-metropolitanos; planejamento e desenvolvimento regional; recursos hídricos.

O Laboratório Redes Urbanas tem como linhas de pesquisa: (i) Políticas de infra-estrutura e organização territorial no Brasil; (ii) Análise da efetividade social das redes de água e esgoto nas áreas de baixa renda nas cidades brasileiras; (iii) Estudo e construção de indicadores qualitativos para avaliação e monitoramento da infra-estrutura; (iv) Mobilidade, transporte e processo de Urbanização. Já o Laboratório das Regiões Metropolitanas apresenta como linhas de pesquisa: (i) Estudo dos aspectos político-institucionais das regiões metropolitanas brasileiras; (ii) Partidos políticos e processo de urbanização, (iii) Modelos, planos e projetos urbano-metropolitanos.

47071 visitantes