Início | Chão Urbano

Chão Urbano

Chão Urbano ANO XVI – Nº6 NOVEMBRO/DEZEMBRO


Voltando a pensar no modelo de urbanização de Favelas no Rio de Janeiro para criação de acesso a infraestrutura de água e esgoto e a persistência de ausência e/ou precariedade e desigualdades: qual a efetividade social alcançada?



Chão Urbano ANO XVI – Nº5 SETEMBRO/OUTUBRO


A Aplicabilidade do Plano Municipal de Redução de Riscos do Município de São Gonçalo

Está lançado o novo número de Chão Urbano

O último número de Chão Urbano, em 2016, traz artigo que busca refletir de maneira reteirada o modelo de urbanização de Favelas no Rio de Janeiro para criação de acesso a infraestrutura de água e esgoto e a persistência de ausência e/ou precariedade e desigualdades, indagando se a efetividade social que poderia se pretender desta ação foi ou não alcançada.

Novo número de Chão Urbano disponível

Nesta edição a abordagem é uma análise do Plano Municipal de Redução de Risco de São Gonçalo.

Foto Mauro kleiman

Revista Chão Urbano

Chão Urbano é uma publicação do Laboratório Redes Urbanas e Laboratório das Regiões Metropolitanas, do IPPUR-UFRJ.

A publicação está voltada para o debate e divulgação de estudos no campo da pesquisa do planejamento do território em suas várias escalas e diferentes dimensões de sua problemática, entre as quais: infra-estrutura ligada à habitabilidade e a circulação; transportes e mobilidade; governança; modelos, planos e projetos urbano-metropolitanos; planejamento e desenvolvimento regional; recursos hídricos.

O Laboratório Redes Urbanas tem como linhas de pesquisa: (i) Políticas de infra-estrutura e organização territorial no Brasil; (ii) Análise da efetividade social das redes de água e esgoto nas áreas de baixa renda nas cidades brasileiras; (iii) Estudo e construção de indicadores qualitativos para avaliação e monitoramento da infra-estrutura; (iv) Mobilidade, transporte e processo de Urbanização. Já o Laboratório das Regiões Metropolitanas apresenta como linhas de pesquisa: (i) Estudo dos aspectos político-institucionais das regiões metropolitanas brasileiras; (ii) Partidos políticos e processo de urbanização, (iii) Modelos, planos e projetos urbano-metropolitanos.

44182 visitantes